Roteiro: Cachoeiras de Penedo

Penedo, bairro do município de Itatiaia e única Colônia Finlandesa do Brasil, é conhecido nacionalmente por sua arquitetura e gastronomia, assim como por suas pousadas e cachoeiras. O que nem todo mundo sabe é que uma das melhores formas de conhecer de perto a natureza exuberante desse lugar é pedalando! Neste roteiro você irá encontrar todas as informações que precisa para desbravar cada uma cachoeiras de Penedo, sem depender de guias!

 

A não ser que você esteja hospedado ou more em Penedo, muito provavelmente você terá como ponto de encontro/partida para esse pedal o Shopping do Esquilo, bem no começo da colônia, antes mesmo do Portal, mas dessa vez vamos fazer diferente e ir direto ao ponto, narrando o caminho a partir da Praça Finlândia, que fica bem em frente ao Museu Finlandês Eva Hilden, que você alcança logo após passar pelo centro da vila ou terminar de percorrer a avenida principal do bairro Jardim Martinelli, dependendo do caminho que escolher. Se você não sabe chegar até esse local, clique aqui.

Praça Finlândia
Museu Finlandês Eva Hilden

A partir desse ponto, depois de continuar seguindo pela avenida principal por 400 metros, se afastando do centro de Penedo, você irá avistar uma subida bom íngreme, mas calma, você não terá que subir por lá, ao invés disso, vire à direita.

Vire à direita nesse ponto

A partir desse ponto você irá continuar subindo com uma leve inclinação por cerca de 1,5km até chegar à primeira atração desse pedal, o lugar chamado de Três Cachoeiras. No caminho até lá um importante ponto de referência é a Pousada Suarez, impossível passar despercebida devido às suas cores vibrantes e o rio passando bem entre você e a propriedade. Você saberá que chegou às Três Cachoeiras quando avistar uma saída à direita para um caminho de terra e uma subida mais íngreme à esquerda.

Pousada Suarez
Chegada às Três Cachoeiras (à direita)

O nome desse lugar, como você pode imaginar, se deve ao fato de nele haverem três quedas d'água, uma seguida da outra. Esse primeiro ponto de acesso logo antes da subida mais íngreme oferece uma vista da base das quedas, onde se forma um grande poço, ideal para banho. .

Primeiro ponto de acesso às Três Cachoeiras
Grande poço, ideal para banho

Depois de vencer essa pequena, porém íngreme subida, você verá placas indicando que chegou ao acesso principal às Três Cachoeiras. Nesse espaço há comerciantes vendendo comida e artesanato, além de uma belíssima paisagem, com uma visão da parte de cima das cachoeiras, um lugar bem tradicional entre os ciclistas da região.

Acesso principal às Três Cachoeiras
Lugar tradicional entre os ciclistas da região
Três Cachoeiras

Após passar pelas Três Cachoeiras você irá seguir pedalando em direção à região conhecida como "Alto Penedo", cujo nome já indica o tamanho do desafio que te espera. 500 metros depois da cachoeira você fará a subida mais difícil de todo esse pedal, passando pelo que ficou conhecido pelos ciclistas como a "curva do Vernissage", que era o nome de um antigo restaurante que ficava onde agora é o Loazô Restô. Serão 250 metros de muito esforço até você avistar a primeira rua de terra à direita, na qual deverá virar para seguir rumo à Cachoeira de Deus, sua próxima parada.

Rumo ao Alto Penedo
Mantenha-se no asfalto por enquanto
Hora de entender o porquê do nome Alto Penedo
Rua na qual deverá virar à direita

Você deverá permanecer nessa rua de terra (Rua C), mantendo-se sempre à direita por 600 metros, um alívio para a sua MTB, que a essa altura já vai estar entediada do asfalto ;) Siga até avistar a placa que indica o início da trilha para a cachoeira.

Finalmente um pouco de terra
Mantenha-se sempre à direita
Entrada da trilha para a cachoeira à direita

A trilha possui cerca de 100 metros e proporciona uma verdadeira imersão na mata atlântica. Você saberá que chegou na cachoeira quando o barulho da queda d'água ficar mais forte e você ver grandes pedras à sua direita.

O início da trilha é mais tranquilo...
...mas nem tudo são flores
Hora de deixar a bike e descer até a cachu

Ao descer até a cachoeira, tome muito cuidado para não escorregar, especialmente se for entrar na água. Dizem que meia hora nesse lugar é suficiênte pra recarregar suas energias por uma semana, então aproveite ao máximo!

Primeira vista da Cachoeira de Deus
Tome cuidado para não escorregar.

De volta à Rua C, continue subindo até encontrar novamente o asfalto e manter-se à direita. Você irá manter-se no asfalto por mais 550 metros até virar à direita, seguindo a placa que indica o caminho para o restaurante Truta Viva.

Continue a subir!
Pousada Changrilla, importante ponto de referência
Saída à direita, sentido restaurante Truta Viva

O caminho a seguir pode ser um pouco confuso, cheio de ruas sem saída, então atenção para as instruções: depois de virar à direita no asfalto, você deverá manter-se à esquerda nas duas primeiras bifurcações e à direita na terceira. Na duvida, pergunte à alguém o caminho para o Poço das Esmeraldas, sua próxima parada.

Mantenha-se à esquerda nas duas primeiras bifurcações depois do asfalto
Pensa num percurso agradável...
Vire à direita na terceira bifurcação

Cuidado para não passar direto pela entrada da trilha do poço, não dá para contar com a presença de placas indicativas. Uma boa forma de lembrar o local é guardar que fica em frente a uma casa de dois andares, a única da rua.

Entrada para a trilha do Poço das Esmeraldas, à direita
Entrada para a trilha do poço

É possível empurrar a bike até certo ponto da trilha, que é mais curta que a da Cachoeira de Deus, mas será preciso descer sem ela o trecho final devido à inclinação e à presença de grandes pedras pelo caminho, como você pode ver nas fotos abaixo.

Início da trilha para o poço
Ponto até onde as bikes conseguem chegar
Só a pé mesmo...

O lugar não chama Poço das Esmeraldas atoa. Suas águas cristalinas e esverdeadas são um convite para o mergulho. Além do poço principal, existe também um poço menor logo acima, chamado Poço do Coração.

Poço das Esmeraldas
Não dá vontade de mergulhar?!
Poço do Coração, logo acima

Quando estiver pronto para seguir em direção à ultima atração do passeio, basta continuar subindo pela rua de onde veio por mais alguns metros até avistar um local que serve de estacionamento de veículos, onde bem ao lado há uma escadaria que desce em direção à Cachoeira Três Bacias.

Em direção às Três Bacias. Estacionamento no topo da subida
Escadaria que você desce para acessar a cachoeira

Essa cachoeira recebe esse nome devido ao seu formato em degrais, onde em cada um se formam "bacias" onde é possível se refrescar. Há uma trilha que margeia o rio do lado esquerdo e que te leva ao topo da cachoeira, caso deseje. Um lugar realmente diferenciado.

Base das Três Bacias
Topo das Três Bacias

Vale lembrar que além das 3 cachoeiras que apresentamos em detalhe neste roteiro, Penedo ainda possui uma quarta, que também vale a pena conhecer e que rende um pedal incrível, a Cachoeira das Lontras, cujo detalhamento do percurso até lá você encontra no nosso roteiro específico a esse respeito, clicando aqui.

 

Resumo


A partir da Praça Finlândia siga pelo asfalto por 2 quilômetros até chegar à primeira atração, as Três Cachoeiras. De lá, continue subindo por mais 800 metros até virar à direita na Rua C, de terra, onde 600 metros depois estará a entrada para a trilha da Cachoeira de Deus. Depois disso, continue subindo seguindo as placas que indicam a direção para o Restaurante Truta Viva até o asfalto terminar. Mantenha-se à esquerda nas duas primeiras bifurcações depois do asfalto e à direita na terceira. A entrada para o Poço das Esmeraldas estará à sua direita e subindo um pouco mais pela mesma rua você encontrará a entrada para a cachoeira Três Bacias.

 

Considerações finais

Esse é um pedal curto, se considerar como ponto de partida o centro de Penedo ou até mesmo o Shopping do Esquilo, mas imperdível se você gosta de cachoeiras e curte pedalar em meio à natureza! Vale dizer também que talvez a melhor pedida seja reservar um dia para cada uma dessas cachoeiras, uma vez que aos finais de semana a partir de certo horário é bem comum encontrar um fluxo grande de pessoas que as frequentam. Então a dica é sair cedo de casa e estar na cachoeira de sua preferência antes das 09:00. É recomendável o uso de repelentes.

 

Ficha técnica

Altimetria

Bike recomendada: MTB

Terra: 2,5km

Asfalto: 7km

Quilometragem total: 9,5km

Ganho de elevação: 322m

Exposição ao Sol: Média

Nível: INTERMEDIÁRIO Atrações: Três Cachoeiras; Cachoeira de Deus; Poço das Esmeraldas; Cachoeira Três Bacias.

 

Nos siga nas redes sociais:


Instagram: instagram.com/biketouragulhasnegras

Facebook: facebook.com/biketouragulhasnegras Strava: http://strava.com/clubs/biketouragulhasnegras

Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCZNBvczIamsQZ6W_JY3ZmOw






44 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo